cosmética

 

Viver com uma pele alérgica e muito reactiva não é fácil. Depois de muitos anos a experimentar produtos indicados por médicos ou por profissionais da área da cosmética mas sem resultados evidentes, cansei-me e resolvi mudar de rumo, entrando no mundo dos produtos com certificação biológica, opção que se tem revelado muito positiva e bem aceite pela minha pele. Esse facto levou-me nos últimos meses a um aprofundamento do assunto, sendo certo que sou apenas uma iniciada a dar os primeiros passos no mundo da cosmética biológica e natural.

Desse encontro, gostava de partilhar aqui alguns aspectos, pois estou certa que serão desconhecidos para muitos.

Inicialmente, o que me interessou foi tentar perceber o que difere nas composições de um produto dito normal e num produto biológico, acção apenas possível através da análise dos rótulos que todos possuem.

Após muitas pesquisas na internet e consulta de livros, comecei a compreender o que está inscrito na chamada lista INCI (International Nomenclature of Cosmetic Ingredients), de utilização obrigatória em todos os cosméticos que circulam na União Europeia. Essa lista, indica os ingredientes por ordem decrescente de quantidade, ou seja, o primeiro indicado (muitas vezes a água) é o que existe em maior percentagem e o ultimo em menor. Normalmente os cinco ou seis primeiros ingredientes dessa lista representam cerca de 70% da fórmula, sendo que constituintes em quantidade inferior a 1% não são de afixação obrigatória.

A grande diferença está na origem dos produtos utilizados. Num cosmético normal a maioria dos componentes são de origem sintética, derivados do petróleo, ou óleos naturais transformados em laboratório, ou seja, produtos nocivos para a pele e também para o ambiente. Isto não se passa com os produtos biológico cujos componentes são naturais, de origem vegetal e cultivados sem aditivos químicos. Estes passam também por processos de transformação como prensagens a frio ou destilação, mas que mantêm as suas propriedades.

Na internet, como já referi, existe muita informação sobre este assunto. Basta procurar. De qualquer forma, para que este alerta fique mais completo, vou apenas nomear algumas dessas substâncias nocivas que encontrarão em muitos dos rótulos que certamente terão em casa e que aplicam diariamente na vossa pele ou cabelo:

IMG_3545

  • No campo dos surfactantes, um dos mais conhecidos é o famoso Sodium Lauryl (ou Laureth) Sulphate (SLS), que entra nos shampoos, mas também em todos os detergentes que temos em casa e que usamos na loiça, na roupa ou no chão;
  • Considerados perturbadores endócrinos são todas as substâncias terminadas em -paraben e -phtalate, mas também o phenoxiethanol, os filtros solares benzephenone ou o oxybenzone;
  • Todos os ingredientes que aparecem com letras maiúsculas (PEG, PPG, EDTA, DEA, TEA, MEA, etc);
  • Os produtos derivados dos óleos minerais petroquímicos, caso do Petrolatum, cera microcristalina e Paraffinum liquidum;
  • Os silicones, que nada trazem à pele e fazem tanto mal ao ambiente, como são todos os produtos terminados em -one, -cone  ou -oxane;
  • BHT, BHA ,Triclosan, entre outros, são substâncias irritantes para peles sensíveis. O último indicado aparece em muitas pastas dentífricas;
  • Um perfume ou fragrância numa lista INCI que não for seguido de um asterisco, significa que é um produto sintético.

Refiro novamente que todos estes produtos, para além de pouco saudáveis fazem mal ao ambiente, na medida em que são milhões e milhões de pessoas a usá-los diariamente. Ou seja, são despejados na natureza produtos que não são naturais, mas sim de origem química e poluentes.

Numa perspectiva essencialmente ambiental, gostaria ainda de mencionar um outro produto, o óleo de palma ou de dendê. Não é nocivo, mas a sua plantação está a destruir a um ritmo impressionante florestas antigas e a pôr em risco a vida selvagem aí existente. É plantada no Brasil, mas principalmente na Indonésia e na Malásia. Está presente na maioria dos sabonetes, mas também em muitos cremes. Ao tentar evitá-lo, estamos todos a ajudar este planeta.

Para terminar este post, gostaria ainda de chamar a atenção para as “ratoeiras” que actualmente existem no mercado dos produtos chamados naturais. Uma embalagem mais apelativa (com predominância de tons verdes, imagens de plantas, frutos e afins) ou a palavra bio, pouco significam. Muitas vezes é marketing. É fundamental olhar para a lista INCI, especialmente para os seis primeiros ingredientes (mas aconselho a lê-la na totalidade…), ou verificar se tem uma etiqueta de certificação BIO: Cosmebio, Ecocert, Agriculture bio em EU, Nature et Progrés e Mention Slow Cosmétique entre outras.

Voltarei a este assunto brevemente porque, sendo a pele um orgão tão importante no nosso corpo, merece toda a nossa atenção.

Advertisements

6 thoughts on “cosmética

  1. Este é que é mto útil, azelhices de quem pouco sabe deste mundo virtual. Parabéns pelos teus textos, bela iniciativa, vou lendo todos. Um grande abraço

    Like

  2. Deixo aqui o meu testemunho que apetência para esta área também não te falta!! Usar cremes feitos pela minha mãe é um prazer 🙂 cheirosos, cremosos, hidratantes! Adoro! 🙂

    Like

  3. Olá Amiga
    Finalmente entrei no teu “Espaço”, gosto mais do que blog. E claro, como tenho o privilégio de usar os teus cremes, é aqui o meu começo. Não esperes grandes coisas de mim, pois como sabes sou mais de falar directamente com as pessoas (falo muito e tu sabes!), mas de vez em quando meterei a colherada. Obrigada por existires, assim vou usufruindo dos teus cremes, postais, desenhos, pinturas, pedras, lindas embalagens, etc… E a propósito poupas-me muito trabalho de pesquisa na grande “teia” (net) como é este caso do artigo sobre cremes. Por tudo isto Bem-Hajas!
    Lília

    Like

    1. Fico muito contente por te ver finalmente a passear pelo meu “espaço”, mesmo que seja só de vez em quando. E sabe bem ouvir as tuas palavras!
      Bjs, obrigada e boas férias!

      Like

  4. Pingback: a nossa pele

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s