a escrita das ondas

 

As ondas desenham poemas na areia.
Poemas de linhas, texturas, tonalidades, relevos e brilhos. Poemas de água e de luz.

 
É muito agradável um passeio à beira-mar, especialmente em tempo de maré vazia, e descobrir essa linguagem muda e silenciosa ao som das ondas que lhe dão origem.

 

IMG_4915

IMG_3678.JPG

IMG_3681

IMG_3702

IMG_3695

IMG_5064

IMG_5066

IMG_5068

IMG_4967

IMG_3705