destino

 

Se uma parte do “destino” está nas nossas mãos e nas escolhas e caminhos trilhados enquanto seres conscientes, acredito que haverá uma outra parte relacionada com a nossa evolução enquanto seres espirituais, ligada a energias mais complexas e sempre associada ao princípio da causa-efeito. Ou seja, o que somos e o que nos acontece terá uma razão de ser, teve algures uma causa e tem um sentido para a nossa evolução. Provavelmente porque teremos que aprender algo, seja na forma como encaramos determinada situação, como a resolvemos ou como a superamos. Ou como não conseguimos nada disso.

O video do tema musical que se segue intitula-se Bom destino, pertence ao album Quarto Crescente (2015) e é interpretado pela cantautora Márcia. Ele deu origem a este post não apenas porque gostei do que ouvi, mas especialmente porque me foi enviado por alguém que admiro imenso pela coragem e pela força com que tem enfrentado e superado as tais “prendas” do destino que não dependem das nossas escolhas conscientes. Apesar disso, a essa lutadora associo a alegria, a boa disposição e a positividade. Com certeza que terá momentos de quebra, mas creio que já é suficientemente sábia na forma de lhes dar a volta.

Devolvo-lhe o Bom Destino com estas palavras. Porque acredito profundamente que as pequenas ou grandes vitórias conseguidas perante as adversidades ou situações menos boas que nos estão destinadas (e para as quais não há escolha possível!), talvez sejam as que mais contribuem para que nos tornemos melhores seres humanos e para dar mais um passo na senda evolutiva.

Obrigada Augusta!