percursos natalícios

img_7266

 

Foram muitos os que lhe pegaram, miraram ou leram, mas voltavam sempre a colocá-la no mesmo lugar. Nada de diferente acontecia, pelo que não compreendia a razão de continuar naquele confuso lugar onde ninguém se interessava verdadeiramente por ela.

Inesperadamente tudo mudou. Olharam-na com mais atenção, depositaram-na num carrinho com grades e cheio de compras de todo o tipo, embrulharam-na num papel de muitas cores e, por fim, colocaram-lhe à volta uma fita vermelha com um enorme laço. Estava linda!

Rodeada de outros tão bem vestidos como ela e debaixo de uma árvore replecta de luzes que piscavam, permaneceu alguns dias e noites esperando um acontecimento que desconhecia, mas que devia ser muito importante. Feliz e cheia de esperança, viveu o melhor tempo da sua vida.

Uma noite, no meio de uma enorme confusão alguém lhe pegou.

Primeiro arrancaram-lhe o laço à força e rasgaram o papel que a cobria; depois abriram-na para retirar o seu conteúdo; e por fim, sem qualquer cuidado, atiraram-na para um canto, despida por dentro e por fora, para junto de um amontoado de outras caixas como ela,  de papéis rasgados e de laços feridos. Ninguém mais lhe prestou atenção.

No dia seguinte, deu por si num caixote no meio de muito lixo, sujidade e mau cheiro. Muito triste, pensou no porquê da sua existência e principalmente no seu fim…

….” se ao menos me tivessem levado para a reciclagem!…”

 

Com este conto, desejo-vos um BOM… e ecológico NATAL!

– A Internet disponibiliza diversas informações sobre as atitudes mais ecológicas a ter em conta antes, durante e após esta época festiva. Nesse sentido, vale a pena ler aqui o conteúdo de uma  página elaborada pela associação Quercus.

Eu diria que… se todos colocarmos os resíduos resultantes deste Natal (garrafas, papéis, caixas e embalagens de produtos alimentares) nos respectivos contentores de reciclagem e, se devolvermos à terra o que é da terra, como musgos e outras ramagens utilizadas nesta época…já estamos a dar uma boa prenda de Natal a este belo planeta!

 

 

Advertisements

4 thoughts on “percursos natalícios

  1. Felizmente as Escolas aqui fazem um bom trabalho a este nível. Não chega no Natal Só quem faz reciclagem todo o ano consegue perceber a quantidade de desperdício que se recicla. Somos 2 cá em casa e pelo menos de 15 em 15 dias enchemos 3 caixotes grandes de materiais para reciclar. Imagina famílias maiores…

    Like

    1. Que bom ver-te por aqui!
      Eu sei bem o que estás a dizer, porque na minha casa também tudo se recicla e são muitos os sacos que levamos para os diversos contentores.
      As novas gerações, como referes, estão bem mais atentas a esta matéria. Mas acredita, ainda há muito boa gente que não liga nenhuma e despeja onde calha, sem ligar aos contentores. Já vi isso várias vezes, acredita!
      E nos dias a seguir ao Natal, normalmente o lixo é tanto, que metem onde há espaço… mesmo que seja no local errado!
      Este post é a pensar nesses…
      Bj e mais uma vez, Boas Festas!

      Like

  2. Que lindo conto!.. gostei muito!! Reciclagem sempre! Foi assim que fui educada e tento passar a mensagem a todos à minha volta! Lixo fora do seu sítio faz-me muita ‘comichão’! Obrigada pelos ensinamentos 🙂

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s