junho…

 

IMG_9429

 

Para quem vive no hemisfério norte, o mês de Junho é, claramente, o tempo que faz a transição para o Verão e para o principal período de férias do ano.

Há medida que o mês avança e a temperatura atmosférica vai subindo, vamos sentindo na pele e no corpo uma vontade de movimento e de exterior, numa espécie de antecipação ao que está para vir. Diria que é o mês em que as férias saem do “mapa de férias” afixado no placard dos locais de trabalho e deixam de ser apenas uma ideia, uma perspectiva ou um desejo, passando a algo mais físico e emocional.

Se por um lado o corpo fica mais irrequieto, também começa a ser muito mais fácil a nossa mente sair por aí e iniciar um imenso voo em tons de céu, de verde ou de mar e, num ápice sem tempo nem conta-quilómetros, nos levar àquele lugar que está planeado na agenda, escrito no bilhete de avião real ou electrónico, ou apenas guardado como projecto ou desejo.

Depois… tão naturalmente como partiu, a mente volta à casa-mãe e, com um sorriso invisível leva-nos a pegar novamente na caneta, no teclado do computador ou em qualquer objecto/tarefa que faça parte do nossa actividade diária e pede que continuemos… e nós vamos continuar, certos que o processo se vai repetir… até chegar o primeiro dia de férias!

Digamos que o mês que o antecede, Maio, ainda nos permite estar na quietude do tempo, do espaço e das rotinas que nos envolvem com uma certa tranquilidade. Mas Junho, o irrequieto mês de Junho, é sinónimo de uma agradável inquietude, de um fervilhar e do desejo de outro respirar. E muitas vezes, vontade de outro lugar!

Indiscutivelmente…Junho está comigo!

 

 

Advertisements

9 thoughts on “junho…

  1. Sim…é bem mais agradável a sensação de aproximação ao Verão… do que a aproximação ao Inverno. Mas daqui a seis meses invertem-se os termos…e o seu comentário poderia ser meu!
    Obrigada pela presença!

    Like

  2. Oi, Dulce, bem isso, aqui o oposto, o outono iniciando sua despedida e o inverno já se apresenta aos poucos. Confesso que vivo mais intensamente o inverno, meu corpo e mente reagem com mais naturalidade e gosto de sentir o dia partindo para a noite. Claro que o verão o dia se alonga, o sol brilha mais e vai colorindo o cinza que o inverno deixou. Viver as estações é sempre fascinante. O meu abraço.

    Like

    1. Sim, sem dúvida um processo fascinante!
      Com o avançar dos anos a relação com o sol muito quente começa a ser bem mais dificil e cansativa… mas não me impede de ser totalmente matinal, diurna e soalheira!
      E a hora do dia que menos aprecio é a que antecede a noite….o que significa que somos um bom exemplo da diversidade humana!
      Obrigada pelo comentário.

      Like

  3. Tenho sensação semelhante aqui em meu modesto Desterro por volta de Outubro. Muito embora este mês de junho austral esteja bem quente… Bom domingo! 😉🌅

    Like

    1. Calor aí…e por aqui, uma inesperada vaga de calor fora do seu tempo, até porque o Verão ainda nem começou. E com dolorosas consequências. Um domingo difícil para este pequenino país!
      Entretanto… desejo uma boa semana!

      Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s