pelo sudoeste de França

 

IMG_9885a
Saint-Cirq Lapopie, nas margens do rio Lot

 

A dois dias da chegada do Verão, voei com o meu companheiro sobre as fronteiras da Península Ibérica e pousamos no sudoeste de França para uns dias de férias, a fim de encontrar algumas imagens que há anos esperavam uma visita que as tornasse realidade.

Naturalmente, deixaram agora de ser imagens e tornaram-se lugares, apreciados com outro olhar, com ternura, com tacto, muito suor, muito calor, alguns chuviscos, mas sempre com algum deslumbramento e rara desilusão.

Percorremos lugares de tradição, de história e de peregrinação, penetramos na ruralidade e na tranquilidade da região, estendemos o olhar nos vastos campos plantados de milho, de vinha e de cereais em tempo de ceifa, contornamos alguns dos sinuosos meandros do rio Lot, sentimos a calma do rio Dordogne ou percebemos a magnitude dos rochedos da região de Quercy. Mas apreciamos ainda alguns dos aromas e da estética da cozinha local, assim como a simpatia dos seus habitantes e a grande dedicação e empenho que têm com o cultivo das flores que embelezam e decoram qualquer vila visitada.

Este não pretende ser um post de palavras alargadas, mas sim um espaço de partilha de alguns dos lugares visitados. Espero que apreciem o passeio!

 

IMG_9884a
Pelas ruas de Saint-Cirq Lapopie

 

IMG_9900a
Caminho de sirga (chemin de halage) que liga Saint-Cirq Lapopie a Bouziès (3,9 Kms), escavado na rocha em 1847 e que permitia o reboque de barcos, por homens ou animais, quando não havia vento ou a corrente do rio era forte.

 

IMG_0005a
Rocamadour, imponente vila santuário e local de peregrinação que se situa sobre o vale de Alzou

 

_G3A4336a
Gouffre de Padirac, que permite penetrar nas profundezas da terra e navegar um rio que aí circula

 

IMG_0140a
La Roque-Gageac, nas margens do tranquilo rio Dordogne

 

IMG_0208a
As flores e a pedra são a imagem das regiões de Périgord e Quercy

 

IMG_0236 mais leve
Um recanto de Sarlat-la-Canéda, que homenageia os gansos e o (polémico…) fois-gras da região

 

IMG_0300 mais leve
O Castelo de Bonaguil, um dos muitos que dominam esta área

 

Esses dias foram complementadas com uma incursão pela costa atlântica do sudoeste de França, que permitiu atravessar a vastidão dos pinhais da Aquitânia e encontrar lugares em que a natureza marca o ritmo e connosco partilha as suas dinâmicas.

 

IMG_0474a
A reserva ornitológica do Teich

 

IMG_0477a
…e algumas das espécies observadas

 

IMG_0620a
Duna de Pilat, na bacia de Arcachon

 

Agora, entre imagens de muitos lugares…ainda estou a tentar reencontrar o meu!

 

 

 

 

Advertisements

22 thoughts on “pelo sudoeste de França

    1. Foi difícil seleccionar as imagens, porque muitos outros lugares poderiam ser aqui partilhados.
      Os restantes…ficam a cargo da curiosidade de cada um na eventualidade de decidirem voar para aquela belíssima região de França!
      Agradeço a sua presença e comentário!

      Like

  1. Lindas fotos Dulce! Essa região é realmente incrível, quero voltar um dia com calma! Apesar de ter passado também rapidamente por Sarlat-la-Canéda, achei o vilarejo muito charmoso! Bons passeios!

    Like

    1. Obrigada Melissa.
      Para a região ficar bem vista, porque são muitas as vilas e os detalhes que merecem um olhar atento, creio que duas semanas seria o ideal. Com dinheiro….
      Como sabemos, planear no mapa nada tem a ver com o estar no terreno. Ali…o tempo esfuma-se, ficando sempre algumas coisas por ver e fazer.
      Mas adorei a região!
      Agradeço o comentário.

      Liked by 1 person

  2. Lindo, lindo!! Apetece voltar…. ao menos já tive o prazer de estar em alguns desses sítios 🙂 pequenos paraísos! Abriste-me o apetite para ver todas as fotos depois 😉

    Like

    1. Há alguns anos, tu é que nos abriste o apetite a fazer este passeio com as imagens que então partilhaste connosco. Sabes, até eu já tenho “saudades” e alguma pena de não ter tido mais dias e mais tempo para melhor aproveitar. Mas já foi muito bom!
      Bj e obrigada pelo comentário.

      Like

    1. Sim, lugares inesquecíveis que enchem o olhar…alimentam a alma…e absorvidos com todos os sentidos! As palavras são apenas um complemento!
      Agradeço a sua presença atenta.

      Like

  3. Já não me lembro da última vez que aqui vim espreitar. Reparei que, apesar de receber no email a notificação de um novo post, deixo para ler depois e acabo por não ler…
    Gostei muito destes lugares. Não conheço nenhum deles e fiquei com imensa vontade de conhecer. Tanto verde! E as casas são lindas, a arquitectura! Fica a nota para quando o mealheiro estiver mais recheado. Obrigada pela partilha, gostei muito!
    Beijinho

    Like

    1. Depois de tanto tempo, que bom vê-la por aqui!
      Se leu este post… é porque ele tinha algo mais que lhe chamou a atenção….quiçá…talvez sejam lugares que esperam a sua visita!
      Estou certa que seriam do agrado, pois têm muitos detalhes bonitos que enchem o olhar.
      Detalhes e não só: acho que é tudo bonito!!!
      Bj e agradeço muito o comentário!

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s