fim-de-semana

 

dormir

 

A necessidade de sustento leva-nos a manter um trabalho/profissão e, de uma forma geral, a levantar bastante cedo todos os dias.

O corpo habitua-se a essa rotina, sendo o “imposto” ciclo biológico cumprido com mais ou menos vontade quando o despertador indica que chegou a hora. Para que esse momento seja menos agressivo e mais suave, muitas vezes é o nosso corpo/cérebro já programado que dá ordem para sairmos do sono profundo alguns minutos ou segundos antes do despertador tocar, sendo então esse acordar um pouco mais tranquilo.

Ao fim-de-semana o processo é um pouco diferente. Não há despertador…mas há programador, pelo que inúmeras vezes acordamos à hora habitual. Um primeiro pensamento diz-nos “tenho de me levantar”, mas o seguinte, bem mais lúcido, informa-nos “não…é fim-de-semana…não tenho de me levantar!”

Nesse instante, vivenciamos um dos mais agradáveis e reconfortantes sentimentos do nosso dia-a-dia: perceber que podemos ficar na cama, virar para o outro lado e continuar a dormir pelo tempo que quisermos, seja ele muito ou pouco. E, melhor ainda… é perceber isto quando se ouve a chuva a cair lá fora!

Por ser “sentido na pele” e surgir naturalmente na nossa vida de rotinas, talvez este seja um dos momentos que melhor nos permite sentir gratidão e apreciar o prazer de ter um aconchego… uma cama… uma casa… e até um emprego!

 

 

 

Advertisements

10 thoughts on “fim-de-semana

  1. é verdade. e nos dias de hoje, aqui no Brasil ter emprego é algo que deve se agradecer todos os dias. tenho independente de férias ou fim de semana o hábito de acordar e levantar cedo. o amanhecer para mim é uma das mais belas rotinas da minha vida. mas, confesso: gostaria de voltar aos bons tempos de acordar e no momento mais lúcido dizer para mim mesmo: pode ficar mais tempo dormindo. um belo texto, Dulce. o meu abraço.

    Like

    1. A alternância de atitudes é sempre saudável, desde que seja apetecida e ambas nos provoquem uma agradável sensação. Neste caso, ficando a dormir ou acordando bem cedo para o dia!
      Por isso mesmo, e especialmente no Inverno, o saber que se pode “equilibrar a balança” ficando um pouco mais no aconchego é simplesmente delicioso!
      Grata pelas suas palavras!

      Like

  2. Grata por lembrares os pequenos prazeres da vida e os descrevereres tão bem…é urgente valorizá-los para que o “resto adverso” fique mais apagado. Obrigada. Abrço

    Like

    1. Muito importante o que referes, sobre a capacidade das pequenas coisas que nos dão prazer e satisfação serem valorizadas. E dessa forma, ajudarem a tirar a carga das mais complexas, exigentes e obrigatórias.
      Talvez porque neste momento a vida também me “oferece” partes menos agradáveis e muito cansativas, este post e outros do género poderão aparecer. Porque preciso de “sublinhar”, ou de por a “bold” esses momentos, para depois ter energia para os outros!!
      Obrigada por ires aparecendo!

      Like

  3. Identifico-me completamente com este post…! Acordar ao fim-de-semana e perceber que podemos dormir mais…é um dos belos prazeres da vida! 🙂
    Obrigada por traduzires em palavras esse sentimento bom!… (e adoro o desenho!!… parabéns!)
    Beijinho! 🙂

    Like

  4. normalmente custa bastante levantar cedo… mas só para trabalhar! Quando saio para caminhar ou de bicicleta é indiferente o horário ou se a cama está “boa”.
    Belo texto, boa semana.

    Like

    1. Obrigada pelo comentário!
      Sim, em férias sabe bem levantar cedo…só que esse cedo nunca é tão cedo como nos dias de trabalho! Pelo menos para mim!
      Desejo igualmente uma boa semana..e já agora, um belo passeio com a “Dona Isaura” no fim-de-semana!

      Liked by 1 person

  5. Muito bom, Dulce. Você trouxe a percepção das coisas que temos, das coisas simples, mas que são especiais e que dão felicidade. E o melhor, ser grato por isso. Muita gente só foca no que não tem, em coisas grandiosas ou complexas. Já sabemos, ao buscar perceber a sabedoria da vida, que simplicidade e gratidão combinam bastante com sensação de felicidade!
    Grato pela sua reflexão!

    Like

    1. E eu fico muito grata pelas suas considerações, que concordo totalmente. Porque temos tanto e são tantas as vezes que o ignoramos ou esquecemos!
      Obrigada pela presença e desejo uma boa semana!

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s