porque não?

 

1bl

 

Diz-me o pensar
para não olhar,
por ser desagradável
o que pode encontrar.

Mas ele teima
em procurar
nos meandros da realidade,
um recanto sem encanto
onde apenas depositar
um sentir
doce e de paz,
desejoso de germinar,
crescer,
e de algo transformar.

Será ilusão
este estranho acreditar
que resiste ao pensar?

Será ilusão
este sopro de silêncio
sentido no coração?

Talvez sim…
…talvez não…

Então…
…porque não apenas tentar?

 

 

(Dulce Delgado, Junho 2018)

 

 

 

 

10 thoughts on “porque não?

  1. A poesia tem esse condão de abrir, e tornar suaves, os horizontes que a nossa razão teima em não ver e ouvir. Este teu poema é um bonito exemplo.

    E este video começa com a mesma pergunta “Porque Não?” e acrescenta-lhe “Porque Não Agora?, começando também onde o teu lindo poema termina … “Então … porque não apenas tentar?” … e tudo pode ser diferente a partir daí.

    Liked by 1 person

    1. Seja o que for a que esse “porque não?” se aplique, o importante é tentar.
      Pode ser algo mais concreto ou apenas uma forma de estar, uma atitude, que possa ter repercussões ou que leve a que algo mude para melhor.
      Este video vem igualmente nesse sentido.
      Mais uma vez, obrigada pela partilha!

      Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s