preconceito…

IMG_5025a

…as portas que a mente fecha antes do pensar

…um pensamento preso numa viela do tempo

…respirar superficial que se alimenta da moral

…escolher a rejeição sem hipótese de discussão

…a superstição de uma mente fechada e resistente

…desprezar a possibilidade perante a dualidade

…relutância em pensar fora do linear

…escolher o generalizar sem a razão procurar

…uma ideia limitada que se antecipa à possibilidade

…sentir de hostilidade perante a diversidade

…e o hábito de julgar sem ouvir, de forma justa e imparcial, outros modos de sentir!

 

(Dulce Delgado, Setembro 2019)

 

 

 

10 thoughts on “preconceito…

  1. Dulce, acho que este seu artigo reflecte na perfeição aquilo que para mim é a essência de uma viagem, a quebra dos preconceitos! Relacionei-me totalmente com o que escreveu!

    Liked by 2 people

    1. Percebo perfeitamente o seu comentário/ideia, tendo em conta o que procura nas suas viagens, os locais que escolhe, a vivência que posteriormente partilha.
      Não poderá mesmo ter conceitos pré-definidos na sua mente, mas somente uma abertura total.
      Muito obrigada pelas palavras e entendimento!

      Liked by 1 person

  2. Eu sinto que se a palavra preconceito fosse escrita de outra forma, chamaria mais atenção ao seu significado. Ela como “preconceito” mistura-se entre outras palavras, e acabamos por não dar atenção. O preconceito fica banal.

    Liked by 1 person

    1. Compreendo o que quer dizer, porque se olharmos a composição da palavra, ela apenas significa “algo que está antes de um conceito” o que realmente tem pouco a ver com o significado que lhe damos no dia-a-dia e a “carga” que tem quando empregue no quotidiano.
      Interessante a sua análise.
      Grata pela presença e por comentar, desejo um excelente fim de semana!

      Liked by 1 person

  3. a palavra em si já possui em sua composição desdobramento que quebra o significado maior. no entanto, ainda assim, dentro de cada há leituras e interpretações que geram discordâncias quanto ao sentido, uma vez que o significado, repito, fica em plano secundário. a verdadeira quebra do preconceito começa por nós mesmos, pelo nosso entendimento da e de vida. e de a olharmos sempre sem os ruídos externos que mancham sentidos e significados. tua mensagem, Dulce, abraça o sentido e significado com sabedoria e reflexão profunda. post essencial. o meu abraço.

    Liked by 1 person

    1. Obrigada Fernando por tão bem complementar a minha reflexão sobre esta palavra/conceito. Este post nasceu exactamente por ter consciência que “a quebra do preconceito começa em nós” e também…que realmente não sou “imune” a eles!
      Desejo uma boa semana!

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s