a sul

Sempre que possível, eu e o meu companheiro tentamos fazer umas mini-férias antes do final de cada ano, seja como agradecimento por termos chegado até ali, seja desejando que o novo ano se revele um tempo de bons momentos, de olhares amplos e de possibilidades em aberto.

No final de 2020, devido à pandemia e às restrições de circulação previstas, tivemos apenas três dias para esse respirar, sendo o sul de Portugal a região escolhida. No plano, apenas lugares “fora da civilização” e que nos permitissem estar tranquilamente sem máscara e sem pensar no distanciamento físico, algo que se tornou uma preocupação permanente no ultimo ano. Ou seja, lugares longe de pessoas! Também a escolha de um pequeno apartamento nos permitiu não ter que ir para locais mais frequentados e, sem preocupações, usufruir das refeições já confecionadas que levamos.

As nossas explorações centraram-se em áreas de salinas e sapal localizadas entre a Fuseta e Tavira, lugares amplos, de olhar vasto e propícios à observação de aves. Este é um gosto que ambos partilhamos, o meu companheiro com mais técnica e profissionalismo, e eu de uma forma muito mais amadora, versátil e abrangente, encarando as aves como parte de uma natureza imensa e que sempre me encanta.

As imagens que se seguem revelam um pouco da paisagem que nos envolveu e, sobretudo, a beleza que os nossos olhos respiraram nesse hiato de liberdade e de pura natureza.

Termino com uma foto de várias Pegas-rabudas (Pica pica) pousadas ao amanhecer no topo de uma árvore. Quando as vi, instintivamente transportei esta imagem para a situação de grande instabilidade e insegurança que todos vivenciamos e pensei…como seria bom que nos conseguíssemos equilibrar – individualmente e como sociedade – desta forma tão tranquila e harmoniosa!

27 thoughts on “a sul

  1. É bom ter com quem compartilhar gostos e lugares. E calhou-nos também olhar de longe esses momentos de espaço aberto que tanto faltam.
    Há-de haver equilíbrio, Dulce, ainda não se sabe o preço, mas ele virá. Por ser assim a vida.

    Liked by 1 person

    1. Sim Bea, esperemos que este pesadelo que estamos a viver seja ultrapassado o mais rápido possível. Está a ser difícil para todos e imensamente difícil para muitos. O que mais precisamos agora é de bom senso.
      Obrigada pela presença e ainda bem que apreciou estes olhares!

      Like

  2. Locais e vistas tão familiares onde esteve Dulce. É sem dúvida um local belíssimo, tenho inúmeras boas recordações daí especialmente da ilha dessa cidade linda. Marcou muito a minha vida para o bom e para o mau (mas o mau já foi arrumado no seu devido lugar), conservo junto do coração o bom.
    Adorei os seus registos, são lindos e fizeram-me trazer inúmeras boas recordações. Obrigada.

    Liked by 1 person

    1. Concordo Irina, esta é uma região que nos deixa sempre boas recordações. Por aqui, estamos sempre prontos para ir até lá respirar natureza!
      Ainda bem que apreciou as imagens. Bj

      Like

  3. Poxa, Dulce, que post e que fotos deslumbrantes. Agradeço por compartilhar conosco, em especial porque até pude recuperar um pouco da liberdade suprimida pela pandemia, ainda que de forma imaginária, e respirar melhor!

    Liked by 1 person

    1. Novamente confinada em casa, sabe bem passear por aí em imagens e depois partilhar o prazer que estes locais proporcionaram. E levar os outros também a esse respirar!
      Obrigada e ainda bem que apreciou a viagem!

      Like

  4. Acabei de comentar um post da Silvana (Do Blog o Miau do Leão), com fotos de uma região de Portugal que você, ela e a Cris me fazem viajar pela Europa sem ter jamais pisado o ‘velho continente’.
    Abraços.

    Liked by 1 person

  5. Magnífico, Dulce!
    Adorei mesmo!
    Este texto a explicar todos estes dias… e as fotografias, transmitem uma serenidade enorme!
    Adorei tudo!
    Com isto tudo do corona, realmente, o que apetece é fugir para um sítio como estes, sem grandes alaridos, sem grandes aglomerados, a não ser mesmo com aglomerados de natureza, vida selvagem!
    Obrigado pela partilha!

    Liked by 1 person

    1. Para além de apreciarmos muito esta região, prevaleceu realmente a ideia de estarmos sem a preocupação do distanciamento e das máscaras. Como todos, também nós estamos muito cansados disso. Sentimos muita tranquilidade e isso foi muito bom mesmo.
      Obrigada Nuno e a melhor semana possível… nestas circunstâncias em que vivemos.

      Liked by 1 person

  6. I apologize for being so late to comment on this beautiful post. I’m glad you and your partner had the chance to take that trip – “A Sul” – to what looks like a paradise of water and birds and beautiful reflections. I bet the food was good, too! 🙂

    Liked by 1 person

    1. Yes, it was really three days to take a deep breath and breathe nature. We both love it and we really need it. In the last year, the pandemic and confinements have severely limited this type of vacation. So this was a wonderful way to end 2020.
      We usually enjoy meals on vacation very much, but this time we didn’t really want to be concerned with distance, masks, etc. and we took meals to eat in the apartment. Very basic and less good … but also much cheaper!
      Thank you!

      Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s