dizer não ao plástico

Desde que haja vontade e um objectivo em mente, as mudanças criam raízes.

Estes nove sacos reutilizáveis – a maioria costurados em casa aproveitando restos de um tecido e outros adquiridos a baixo custo – sempre vão connosco no momento de ir às compras, o que levou a uma diminuição drástica do número de sacos de plástico por nós utilizados .

O objectivo não é deixar de os usar definitivamente uma vez que são importantes para certos fins, mas sim diminuir o mais possível a sua presença em usos onde podem ser substituídos.

Porque hoje é o Dia Internacional Sem Sacos de Plástico, não podia deixar de o referir através da minha experiência prática. Além disso, quem sabe, talvez consiga recrutar um qualquer leitor para esta opção amiga do planeta.

O que tenho verificado, infelizmente, é que são raras as pessoas que os usam nas suas compras do dia a dia…..

…..pelo que é importante insistir…….e insistir…….para sensibilizar!

15 thoughts on “dizer não ao plástico

  1. Dulce, atitudes conscientes é do que o mundo mais precisa e esta uma das causas mais nobres no que toca ao ambiente. Só a educação, em especial, das gerações mais novas, trará mudanças. Do que observo, infelizmente, continua a fazer-se muito menos do que o planeta exige. Bravo pelo alerta. 👏

    Liked by 2 people

    1. Realmente neste campo faz-se bastante menos do que se deveria e isso é bem visível todos os dias numa ida ao supermercado. Daí ser tão importante espalhar a mensagem. E insistir…insistir… como eu refiro.
      Obrigada Antónia e um feliz domingo!

      Liked by 2 people

  2. Tem razão, Dulce, estamos afogados em plástico. O saco plástico não se pode abolir, mas pode restringir-se. Comprei dois conjuntos de sacos reutilizáveis, laváveis e muito leves, mas feitos de produto sintético o que facilita lavagem e transporte. Mas a verdade é que, em artigos que necessitam refrigeração, não preservam os alimentos da mesma forma que o plástico e acabo por usar os dois, quando queria usar apenas um.
    É um post oportuno, sim. Mas o consumo e a pressa não se compadecem.
    Boa semana.

    Liked by 2 people

    1. Penso que se os utilizarmos no momento de ir comprar, por exemplo fruta – produtos que depois não necessitam ficar num saco de plástico e no geral vão para uma fruteira- já é uma boa poupança de sacos. São vários que não saíram do supermercado!
      E depois mais um aqui… outro ali…já é uma boa ajuda para o planeta. Especialmente se formos muitos a fazer o mesmo.
      Fico contente que a Bea tenha esse cuidado e esteja atenta a este problema que é de todos.
      Desejo igualmente uma boa semana!

      Liked by 1 person

  3. Há muito que utilizo sacos daqueles reforçados, fornecidos pelas cadeias de supermercados, que são fortes o suficiente para aguentarem muito tempo. Estão sempre no carro, numa eventual ida a compras em que sejam necessários, será sempre escusado utilizar os ditos “normais” de plástico. Se calhar, ao longo de um ano, utilizo um saco de plástico em compras… e é se chegar. 🙂
    Utilizo sacos de plástico para outros fins, mas reutilizo-os até não poder mais.

    É tudo uma questão de mentalidades, sem dúvida. 🙂

    Liked by 2 people

  4. Our county will put some new regulations in place to help reduce plastic bag use soon. In the meantime, we always use ours for trash and garbage and we also use reusable bags. More needs to be done, by everyone, including me.

    Liked by 2 people

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s