mães

Ao dia da mãe

…da mãe que já não tenho e que se chamava Teresa,
da mãe que sempre serei…
…e de todas as mães-natureza!

E a todos aqueles dias
que não sendo dias da mãe …

…perto ou longe do olhar,
os filhos são alma
presença
coração
e um sensível respirar
que alimenta o nosso estar
como fonte de alegria
e eterna preocupação!

Este ano em Portugal, o Dia da Mãe coincide com o Dia do Trabalhador.
Poetizando e imaginando pontes entre esses dois eventos, pergunto: não será a maternidade o mais doce, perfeito, intenso, desgastante e sempre inacabado trabalho da vida de uma mulher?  Trabalho remunerado?
Sim… por uma vida de emoções! 🧡
(Dulce Delgado, 1 Maio 2022)

17 thoughts on “mães

  1. De facto será o mais árduo mas também o mais compensador de todos os trabalhos que possamos ter ao longo da vida.💛Adoro a imagem que ilustra o seu poema. Usa-se muito o termo “mãe galinha”, com o significado de proteção, mas eu prefiro “mãe pata”, acho as patas mais protetoras! 😍Feliz dia das mães e dos/as trabalhadores/as Dulce.🌷

    Liked by 2 people

  2. Eu não tive esse estado de graça, mas a mulher mãe é uma dupla maravilha e exaustão, felizmente hoje já há compartilha e maior ajuda do pai, e apoio do estado, mas está longe de ser uma responsabilidade plenamente partilhada e apoiada. Poema lindo! Um abraço 🙂

    Liked by 1 person

    1. Sem dúvida. Apesar de hoje as tarefas já serem muito mais partilhadas, ainda falta bastante até o equilibrio ser conseguido. Mas creio que estamos no bom caminho porque as jovens de hoje já não nascem com o “estigma” que recaia nas nossas mães (e já menos connosco) da mulher ser o motor e sobre ela recair tudo.
      Obrigada e desejo um dia bom!

      Liked by 2 people

  3. Durante deliciosos quatorze anos eu tive a melhor das figuras comigo e nos anos seguintes, ela esteve em mim por tudo que foi. Me sinto grata ao universo por esse presente. Com certeza eu seria diferente do que sou, não fosse pelo exemplo de mulher, profissional que entre tantas outras coisas era a minha mãe. rs

    Belo poema

    Liked by 1 person

    1. As mães estão sempre connosco mesmo décadas depois de terem ido. Eu encontro a minha quase todos os dias, em memórias e especialmente em muitos detalhes meus. E agradeço essa “presença ausente” todos os dias.
      Obrigada e um dia a gosto!

      Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s