experimentações #34

São inúmeras as possibilidades de registar graficamente o que se observa/pensa/sente se o objectivo final for o guardar memórias de lugares.

Foi exactamente com essa vontade de encontrar outros caminhos que, a par de registos mais tradicionais como o desenho e a aguarela, elaborei o bloco de férias do ano de 2010. O Minho, a província mais a norte de Portugal foi a área escolhida nesse ano, região que nos proporcionou belos passeios e agradáveis momentos gastronómicos.

Neste bloco, a par de alguns desenhos utilizei igualmente recortes de postais e fotografias assim como materiais naturais que ia recolhendo por onde passava. A escrita, como sempre, foi um complemento fundamental.

Partilho a seguir algumas páginas representativas desse livro de férias.

Estes registos foram maioritariamente realizados in loco. Quando não tinha o que precisava para concretizar determinada ideia, nomeadamente fotografias ou recortes, planeava a página deixando espaços em branco para preencher posteriormente.

Recordo ainda que na altura gostei muito desta experiência de utilizar recortes por ser uma técnica bastante versátil, rápida e de me permitir “brincar” com as imagens com um certo humor.

Boa semana!

20 thoughts on “experimentações #34

  1. Já havia referido num outro post que esta forma da Dulce de registar viagens para além de original é ainda admirável e encantadora. Obrigada por a partilhar aqui 😊 🌻

    Liked by 2 people

  2. You know I love your books and this is no exception. The page with the beautifully drawn castles on one side and rain clouds, sun and footsteps on the other is brilliant. I like your sketches of the designs on the woman’s clothing, too (Viana do Castelo). I can see how completely you were absorbed in the painting of the waterfall…and then a charming map! There is care and tenderness in each page. Thanks for sharing them!

    Liked by 1 person

    1. Thank you very much for the appreciation. And it’s good to know that the tenderness and pleasure I felt in building it emanates from every page!
      The female figure with the typical Viana do Castelo attire is a postcard. On this page I just sketched in three stages the creation of filigree hearts (gold thread) typical of this city. They adorn the women at the big annual Senhora da Agonia party (which I never attended because there is always a lot of people and confusion!)

      Liked by 1 person

    1. Realmente paciência é algo que, de uma forma geral, não falta por aqui. J´á os recursos artísticos existem alguns…mas têm fases em que andam bastante preguiçosos!

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s