diálogo respirado

 

IMG_7519cc

– Eu respiro!
Diz o corpo

– Eu também!
Responde a alma

– Como?
Pergunta o corpo…

– Suspirando!
Responde a alma.

 

E neste suspiro-respirado libertam-se emoções… talvez inspiradas por engano, porventura nascidas das circunstâncias, do acaso ou fruto das nossas escolhas.

Suspira-se de amor… suspira-se de tédio… suspira-se por um sonho… ou apenas por uma pausa.

Um suspiro…

…é uma brisa que limpa, oxigena e acalma a alma!

 

 

(Dulce Delgado, Julho 2018)