Quantos?

 

quantos

 

Quantos passos
percorridos
me dará a Vida?

E olhares
por lugares
sentidos?

E sorrisos
dados
e recebidos?

E palavras
escritas
e ditas?

E abraços
meigos
e enternecidos?

 

Não sei…
….e nunca o saberei!

 

 

(Dulce Delgado, Janeiro 2020)