dia sem compras…

 

w

 

Por oposição ao Black Friday, dia de todas as compras, surgiu o Dia Mundial sem Compras, que se realizou pela primeira vez em Vancouver no Canadá, em 1992. Anos mais tarde o evento foi fixado nos EUA e no Canadá para a sexta-feira que se segue ao Dia de Acção de Graças (este comemorado na 4ª quinta-feira do mês de Novembro), e no resto do mundo para o último sábado de Novembro, hoje portanto.

Como sempre, há quem esteja a favor e contra. Pessoalmente não tenho posição, porque o que é necessário em tudo e também na hora de comprar é ter algum senso, ou seja, pensar se realmente determinada compra, mesmo que muito apelativa, faz ou não falta. Obviamente que de vez em quando uma pequena transgressão sem senso é saudável, assim como é importante termos a noção exacta do que determinado gasto representa em dias de trabalho e implica para o nosso orçamento.

Gostaria por isso de partilhar neste dia uma ferramenta informática denominada Desmotivador de compras, disponibilizada no site Finanças Pessoais da responsabilidade do especialista em finanças Pedro Pais, que mantém uma página bem elaborada, com muita informação que contribui para uma maior literacia financeira e, obviamente, a melhor gerir o orçamento.

Nesse simulador, introduzindo o salário liquido, ou seja o valor que nos chega à carteira, o número de horas semanais de trabalho e o valor da compra em vista, ficamos a saber de imediato a quantas horas ou dias de trabalho corresponde essa compra.

O resultado faz-nos pensar… uma…duas.. ou mais vezes ! Muito útil, nos momentos em que o olhar e a emoção sejam tendencialmente mais fortes que a racionalidade!