monserrate

 

IMG_3052a

 

De vez em quando Sintra e os seus detalhes, lugares e memórias passam discretamente por aqui. Sendo uma área que me é muito querida, todos os motivos são bons para a partilhar.

O post de hoje incide num dos três palácios nacionais existentes no perímetro da Serra de Sintra, mais especificamente o Palácio Nacional de Monserrate. Este, tal como outros equipamentos históricos e espaços envolventes, são geridos e valorizados desde 2000 pela Parques de Sintra-Monte da Lua, uma empresa que tem feito um trabalho de destaque na recuperação do património edificado e natural da região.

Este Palácio, tal como o parque adjacente, são um dos melhores exemplo do Romantismo português do séc. XIX. Mas não me alongarei sobre isso. Quem tiver interesse em saber mais, encontra muitos dados na sua descrição e história.

Apesar de restaurado já há alguns anos, não o tinha voltado a visitar. Por isso a memória ainda guardava imagens de muita degradação, sendo deveras agradável constatar o cuidado e atenção que orientaram esta intervenção.

 

IMG_2982b c
A entrada principal do Palácio no Torreão Sul

 

IMG_3044c
Torreão Norte

 

IMG_2991a
Pelo interior do Palácio

 

IMG_3004
O corredor central

 

IMG_2987a
Detalhe dos estuques

 

IMG_2998a

IMG_2995a
A sala da música com a sua belíssima cúpula

 

cozinha
Pormenores da cozinha

 

IMG_3046a
O tronco da enorme Pohutukawa (Metrosideros excelsa) ou árvore-do-fogo que se encontra adjacente ao palácio

 

IMG_3055a
Este magnifico e elegante relvado foi o primeiro a ser plantado em jardins portugueses

 

IMG_3068a
Uma ruína…já construída para ser ruína!

 

IMG_3074b
Pelo Vale dos Fetos

 

IMG_3077a

 

Poderia incluir muito mais imagens, mas não pretendo ser exaustiva. Quero ser apenas um ponto de partida.

Visitar estes espaços e em particular a vila de Sintra ainda em tempo de pandemia foi uma surpresa e uma mais-valia.

Apesar de saber que os turistas são importantes para a economia do país, é muito mais agradável fazer estas visitas sem o movimento e o ruído a que estávamos habituados. A tranquilidade sentida na minha juventude instalou-se novamente… mesmo que por pouco tempo.

A verdade é que gostei disso, assumo, porque o romantismo de Sintra “penetra” melhor na pele e na alma com o silêncio e sem a presença dos muitos visitantes que normalmente inundam estes espaços durante todo o ano.

De qualquer forma, com mais ou menos gente, o Palácio Nacional de Monserrate e o seu parque são sempre um lugar belíssimo para visitar!

 

 

 

 

 

19 thoughts on “monserrate

    1. Sintra é um lugar que tem tudo isso e muito mais. Para mim tem especialmente uma bela natureza, uma certa magia e muitos recantos que guardam emoções vividas!
      Obrigada Miau e desejo um bom domingo.

      Like

  1. It’s easy to see what a pleasant day you can spend here, especially without crowds. I could get lost in the details of the architecture and the grounds look so relaxing, with those wide, rolling expanses of green. That tree is amazing – I love it! And the ruin – were you saying that it was built that way? I’ve seen that once here in the States, a ruin built for viewing pleasure. I’m glad Monserrate is being well cared for.

    Liked by 2 people

    1. Yes, whether in this place in particular or the entire Sintra mountain in general, it is very easy to found sights and details of great beauty.
      And there are still the memories of the places. On this green, for example, many years ago I rolled with my children. An adventure! And whenever I see it, I associate that moment of joy and I love it.
      About the ruin … yes, between the 19th and 20th centuries the romantic spirit was taken to the extreme to the point that this ruin was built as a ruin. It was a very important element in a romantic garden!
      Thank you very much and I wish you a nice week!

      Like

      1. What a great memory, rolling down that hill with your children!
        Thanks for confirming my thought about the ruin – that is what the graden in our country is trying to do, to mimic the romantic estate gardens from long ago. It’s never the same here, though.

        Liked by 1 person

    1. Penso que um post deste tipo mais descritivo pode-se tornar cansativo se for muito aprofundado. Quem tiver interesse em mais, procura e encontrará muita informação.
      Quanto ao ponto de partida….gosto sempre (ou quase sempre) de me localizar aí; tem perspectiva, espaço, futuro e dinamismo!
      Obrigada e desejo que a “patela” esteja de bom humor!

      Liked by 1 person

  2. Excelente postagem, Dulce, por nos mostrar mais esse recanto de beleza e história, agora em Sintra. Já incluo mais esse lugar na lista dos pontos a serem explorados em visita a Portugal. Grato, parabéns!

    Liked by 1 person

  3. As suas fotos nunca são exaustivas Dulce.
    Infelizmente ainda não tive o prazer de visitar esse magnifico palácio. E que detalhes incríveis!
    Ficou registado uma eventual ida a Sintra para o poder apreciar.
    Uma semana feliz. Beijo.

    Liked by 1 person

  4. Que beleza!
    Realmente, estes tempos com a Covid-19, há coisas que são possíveis de se ver, explorar, sem grandes aglomerados e, de facto, em paz. Estas fotografias mostram isto mesmo.
    Que belíssimo local! 🙂

    Abraço

    Liked by 2 people

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s