experimentações #22

Os desenhos de hoje têm em comum a cor, neste caso o azul e fazem parte de um conjunto não datado, pelo que decidi juntá-los pelas tonalidades. O mesmo acontecerá no próximo post desta série.

Estes tons de azul sempre me levam à divagação…ao sonho…e para outras realidades!

(Dulce Delgado, aguarela e tinta da China sobre papel)

17 thoughts on “experimentações #22

    1. Isso é que é amor pelo azul!
      Pessoalmente gosto muito deste azul em desenhos, pintura, etc, mas não o aprecio em vestuário. Um pouco estranho, mas é assim…
      Muito obrigada e desejo um bom domingo!

      Liked by 1 person

  1. Dulce, o seu talento é inegável e para mim – que para o desenho sou um “zero à esquerda” – invejável! 🙂
    Numa nota de curiosidade, ainda que não tenha nada a ver, o último lembra-me um globo derretido. Faria certamente uma brilhante ilustração sobre o fenómeno das alterações climáticas!

    Liked by 2 people

    1. Meu caro Miguel, eu não sou nada apologista dessa ideia de ser “um zero à esquerda” relativamente ao desenho. Porque acredito que toda gente é capaz de desenhar desde que seja persistente e insista/não desista de treinar a mão e o olhar.
      Quanto ao terceiro desenho…é interessante esse olhar e sentir. E compreendo a ideia!
      Muito obrigada Miguel, e desejo um domingo a gosto!

      Liked by 1 person

  2. Parabéns pelas pinturas. A primeira prendeu-me o olhar… não sei, mas… consigo ver ali coisas!!! Gente, corpos e almas que se ligam e conectam unindo margens opostas. Talvez o desenho nem seja nada sobre isso… mas a arte pode ter múltiplas interpretações perante os olhares e sensibilidades distintas. Uma boa semana.

    Liked by 1 person

    1. Talvez seja um pouco de tudo isso que o Nelson sente, porque não?
      Interpretações possíveis são imensas…e essa seguramente também tem sentido!
      Obrigada Nelson, e desejo igualmente uma boa semana.

      Liked by 1 person

  3. O azul é a minha cor desde sempre, o infinito….(curiosidade: aqui, torço para o Internacional de Porto Alegre que possui como cor o vermelho e o seu maior adversário, o Grêmio, o azul). Gosto da ideia do Miguel embora para mim pareça a fragmentação dos países e ao mesmo tempo frequências se replicando com velocidade. Teu trabalho e criatividade é de muita sensibilidade e permite leituras que instigam o imaginário. Maravilhoso post.

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s