s. martinho

IMG_3690

Segundo a lenda, S. Martinho  de Tours foi uma altruísta alma quando há muitos séculos atrás rasgou ao meio a sua capa para proteger dois mendigos do frio. Por tão bondoso acto, Deus decidiu afastar as nuvens para que o sol aquecesse o seu corpo.

Então o sol, fazendo jus à tradição, foi sempre voltando nos dias de S. Martinho para nos brindar com “três” soalheiros e amenos dias que iluminavam outonos já acinzentados, frescos e chuvosos. Obviamente que este número era variável, mas sempre apareciam e eram bem recebidos.

Mas isto acontecia quando o clima deste nosso planeta era equilibrado. Entretanto…tanto o incomodamos que ele mudou de atitude, ficou alterado, confuso e deixou de ligar às tradições. No meu país, por exemplo, estamos a viver uma espécie de S, Martinho perene, apesar de estarmos a meio do Outono. Meses e meses sem chuva deixaram o país em seca extrema e numa situação muitíssimo preocupante. O céu apenas nos brindou com chuvas muito pontuais, algumas no momento certo de apagar alguns incêndios, mas persiste em continuar muito azul, sendo essa a previsão para os próximos tempos. Apenas o frio está a dar um ar da sua graça.

Diria que o S. Martinho se instalou confortavelmente neste recanto do sudoeste europeu, depois de nos visitar anos a fio apenas como turista.  Agora, parece que se tornou residente…

Por isso, tendo em conta este contexto e neste seu dia…

…peço encarecidamente ao S. Martinho de Tours que faça umas férias noutra região deste planeta, permitindo assim que as nuvens se aproximem e a chuva caia nesta Ibérica Península tão carente desse precioso liquido.

Precisamos que a chuva regue as nossas raízes, as nossas árvores, faça crescer a relva e as culturas dos nossos campos, alimentos vitais, quer para os animais quer para nós.

É ainda urgente que a precipitação tenha alguma continuidade de forma a encher as nossas barragens que estão praticamente vazias, assim como a restabelecer o nível dos aquíferos que alimentam o nosso solo e as nossas fontes naturais, agora quase esgotados.

Ao partir… deixaria o Outono ser, o Inverno acontecer e nós ficaríamos eternamente gratos!

 

Entretanto…enquanto o S. Martinho medita neste pedido que será certamente o de milhões de portugueses, apreciemos as tradições deste dia de convívio, de muitos petiscos e de castanhas assadas acompanhadas de água-pé ou jeropiga. E que em muitas regiões do país, a tradicional prova do vinho novo que hoje se realiza, revele um bom ano vinícola.

Que procuremos a alegria no meio da tristeza!

 

 

 

9 thoughts on “s. martinho

    1. O problema é que esse “adiante” está a ficar cada vez mais próximo. Não sou negativa por natureza, mas sobre este assunto estou muitíssimo apreensiva.
      Creio que as suas ilhas não estarão com este problema pois normalmente chove bastante nos Açores. Se agora já são um paraíso, no futuro, e por este andar, serão um verdadeiro paraíso!
      Obrigada pela presença e comentário!

      Like

  1. É seria a situação climática no mundo todo tanto o desequilíbrio. Seja teu pedido à São Martinho atendido em nome de todos nós. Um abraço e também o desejo de feliz fim de semana.

    Like

    1. Sendo a esperança a última a morrer, temos que acreditar que dentro de pouco tempo ele irá fazer umas “férias prolongadas”…E se formos muitos a desejar o mesmo, talvez o pedido tenha mais possibilidade de se concretizar!!
      É certo que este desequilibro climático se manifesta em muitos lugares do mundo, mas o nosso país é a nossa casa, é a nossa gente, e nós sofremos com ele.
      Agradeço as palavras e desejo igualmente um excelente fim-de-semana!

      Like

  2. Dulcinha, se não fosses tu não me lembrava que era dia de S. Martinho, de castanhas e vinho. E o santo que festeje connosco e depois vá pregar para outro país, lá onde o sol é mais escasso do que a chuva.
    E vou assar umas castanhas e beber um copo em nome de todos nós, incluindo o Santo, para que nos oiça.
    🌰🍷
    Bom fim de semana e obrigada.
    Beijinho

    Like

    1. Sabes, eu nunca me esqueço desta data porque na minha família temos a tradição de nos juntarmos para comer caldo verde, batata doce e chouriço assado, além de outros petiscos.
      E obviamente castanhas e jeropiga. É uma data que nunca falha!
      Tendo em conta o esquecimento…acho que estás a precisar da companhia de um almanaque Borda D’Água….
      Entretanto, agora que o dia está a terminar, espero que o S. Martinho comece rapidamente a fazer as malas….e que vá para qualquer lado!!!
      Obrigada por comentares e um bom domingo!
      Bj

      Like

  3. Que postagem bacana, Dulce. Desejo que o seu elegante e inteligente pedido seja verdadeiramente atendido por S. Martinho!
    Estamos também no Brasil, em diversas partes, passando pelo mesmo problema de escassez de chuvas.
    Um cordial abraço!

    Like

    1. Quem me dera que ele fosse sensível a este pedido! Mas como a vida tem uma certa magia, nunca se sabe…
      Infelizmente muitos locais do mundo padecem do mesmo problema, mas apenas estamos a sentir as consequências dos nossos actos. É triste, mas é verdade.
      Agradeço a sua presença e desejo um excelente domingo!

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s