cinco anos!

Já aqui partilhei o quanto aprecio um belo prado, seja pela liberdade que concedem à sua própria natureza, seja por acompanharem naturalmente o ritmo das estações do ano e, especialmente, por serem espaços abertos e repletos de possibilidades. Talvez por isso, neste dia em que faz precisamente cinco anos que publiquei o primeiro post no Discretamente, apetece-me divagar sobre a natureza de um prado e com ele fazer uma analogia.

O sentimento que me invadia no dia 28 de Abril de 2016, era algo semelhante à sensação de ter um pequeno terreno pela frente mas não saber se seria bom ou se nele cresceria algo. E especialmente questionava-me se ele seria o lugar mais propício ao desenvolvimento da minha vontade de partilha criativa.

O tempo foi passando, as estações do ano e a vida acontecendo, as emoções e sensações brotando….assim como o prazer e a alegria de ver nascer “naquele terreno” um pouco de tudo. Assim, ao longo destes cinco anos e muito para além do que eu alguma vez possa ter imaginado, brotaram 625 posts que incluíram centenas de textos, 145 poemas, 160 desenhos, assim como muitas centenas de fotografias, tudo de autoria própria.

Se estou grata por ter dado a mim própria a oportunidade de avançar com o objectivo de superar muitas inseguranças e intranquilidades criativas, estou ainda mais grata por ter uma filha que me ajudou na construção do blog e ensinou a lidar com a plataforma WordPress. Estou igualmente agradecida a todos os que me têm acompanhado, comentado, incentivado e que, de certa forma, já fazem parte da minha “outra família”. A todos discretamente agradeço.

Por fim, que a vida me permita continuar a apreciar e a “regar” com alegria este prado imaginário!

37 thoughts on “cinco anos!

  1. Olá Dulce, muitos parabéns pelos seus cinco anos de criatividade. Desejo que tenha muitos mais anos para continuar a partilhar a sua escrita, poesia e fotografia. É sempre um prazer ver as suas novidades aqui no blogue. Emanuel

    Liked by 1 person

  2. Que bonito, denominar assim este espaço. Um prado. Parabéns pela designação feliz e por cinco anos que, pelo pouco que conheço, suponho bem passados. Não me ocorreria tal nome, mas assenta-lhe, é lugar onde cresce o que cresce, livremente. Temos, no entanto, algumas outras semelhanças, embora não me ocorra chamar “família” a quem me visita ou me lê. Porque a família vejo se e quando quero e a ela – falo da família próxima, irmãos, filhos, pais, cônjuges ou afins – me ligam laços afectivos fortes e estáveis. Mas, a quem me lê não conheço face nem, numa aflição, posso contar com. É certo, há as palavras que são lenitivo, conversa, interesse; há o que se aprende do gosto dos outros, há a comunhão de ideias. Mas a família, a tal que não se escolhe e nos calha a todos, goza de várias proximidades impossíveis na nuvem. O mundo digital cria um tipo determinado de proximidade que não é vital, mas ajuda e se expande no ser possível. Talvez um modo específico de relação à distância, modo de conversa e companhia paralelos e diversos. Sei lá.
    No entanto, é verdade que ameniza a vida e aporta algum bem. Como é verdade que, por índole, natureza e circunstância, alguns de nós são mais propensos a ter à mão e manter estas conversas sem rosto. E, se contribuem para que as pessoas se sintam melhor, se não prejudicam terceiros, por que não?!
    Longa vida ao seu prado. É um gosto caminhar por aqui.
    Bom dia, Dulce.

    Liked by 1 person

    1. Os laços que me ligam a esta família são claramente diferentes dos que me ligam à minha família real, motivo porque no texto coloquei a palavra entre aspas.
      São diferentes, mas são laços de amizade e de um profundo respeito pelas diferenças que, de uma forma ou de outra, sempre encontramos em cada post que lemos.
      E como a Bea refere, se não prejudicarmos terceiros, mal não faz E se for uma forma de equilibrar algo, que seja. Este mundo precisa tanto de tudo o que nos possa equilibrar e que posteriormente se possa reflectir nele!
      Agradeço a presença, as palavras e fico satisfeita por apreciar este meu caminhar.

      Like

  3. Dulce que continue a partilhar connosco momentos inspiradores e de criatividade durante muitos e bons anos. Muitos parabéns e longa vida, que o prado vá sempre florescendo! 🌼🌻

    Liked by 1 person

  4. Eu bebo desta fonte “discretamente” como um passarinho, que bebe e às vezes se banha sem desperdiçar uma gota sequer, na certeza de que ela estará jorrando amanhã novamente! Tudo isto para dar o parabéns, Sandro? Você merece muito mais Dulce… gratidão por partilhar gotas diárias de sabedoria! Beijo no coração

    Liked by 1 person

    1. Gosto dessa imagem, talvez porque gosto muito de passarinhos. Por alguma razão está um bastante observador em cima do cinco…
      Muito obrigada Sandro, seja pelo comentário, seja por continuar a passar por aqui!

      Liked by 1 person

  5. Cinco anos fantásticos Dulce. Uma escrita cheia de poesia, lindas fotos… olhares criativos e que me fazem viajar. Como é bom estar com você querida. Que venham muito mais… Abraços

    Liked by 1 person

  6. Já passaram 5 anos?? lembro-me como se fosse ontem… E que bela ideia foi na altura teres iniciado este projecto discretamente… Tenho muito orgulho em ti e nesta forma que arranjaste de partilhares toda essa criatividade que está dentro de ti ❤ Cá continuarei para te continuar a ler e a apreciar os teus desenhos e fotografias… Parabéns!! Adorei o coelhinho discreto 🙂

    Liked by 1 person

    1. Obrigada minha filha, eu sei que aprecias, que estás sempre aí, e especialmente que estás sempre pronta a dar uma ajuda quando preciso, mesmo em coisas básicas….ou que já me explicaste.😉
      Bjs de uma mãe muito agradecida!💛🌻

      Like

  7. Congratualtions, Dulce, and what a wonderful analogy to make: a blog as a meadow, full of possibilities. I love meadows, too – all that open space, and the soft grass, the flowers, the huge sky above – people overlook them in favor of dramatic mountains or canyons but meadows are inspiring in their own way. So much has grown in your meadow…I’m happy to be a part of it. May it continue on…

    Liked by 1 person

    1. We are completely in agreement!
      Personally, the simplicity and naturalness of a meadow surpasses many other places and looks. Its diversity is magnificent and very inspiring. At least for me!
      And I will continue here as long as this is a pleasure!
      Thank you so much for accompanying me on this adventure and on this “meadow”!

      Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s