sns

 

Ele não é perfeito, tem falhas de gestão e certamente erros pontuais associáveis à vertente humana que o sustenta. É uma ideia com sentido, um projecto ainda em execução, mas sempre uma forma de proporcionar saúde a quem nele acredita ou a quem não dispõe de outra a que recorrer.

Promove o mais possível o bem-estar do corpo e, indirectamente, da alma. Pertence a todos o que o querem, mas não deve ser banalizado nem totalmente gratuito, porque o que é gratuito e fácil, deixa de ter valor e passa a indiferente. Deverá ser comparticipado tendo em conta os rendimentos de quem o utiliza.

Foi muito o que mudou nos 37 anos do Serviço Nacional de Saúde, data que hoje se comemora (15 de Setembro de 2016).  Melhoraram as instalações, melhorou a gestão, melhorou a formação técnica e humana, melhorou o acesso. Hoje temos muito mais do que tínhamos antes da sua criação. Quando se persiste num caminho, é possível melhorá-lo cada vez mais. Quando se recua, o objectivo fica desfocado e corre-se o risco de ele deixar de existir.

Como utente desse serviço, recorro a ele sempre que preciso. E não me agarro às pequenas falhas que encontro, mas às boas práticas que o sustentam, sem dúvida bem mais comuns e valorizáveis. Tem possibilidade de crescimento e de evolução, haja boa gestão e vontade política. Mas esse caminho também depende muito de nós e da necessidade de o utilizarmos de uma forma inteligente e educada.

 

Advertisements

2 thoughts on “sns

  1. Eu não tenho nada a criticar no SNS… uma ou outra coisa pontual!…mas se calhar também tenho sido sorte e nada de coisas graves (ainda bem!)… mas nada é perfeito…

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s